Tagore Editora
Product ID: 233
Product SKU: 233
New In stock />
Riqueza e desigualdade: sem mimimi

Riqueza e desigualdade: sem mimimi

Destaque Lançamento

Marca: Tagore Editora Referência: Luiz Zottman


Por:
R$ 49,00

ou 3x de R$ 16,33 Sem juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Todos os livros podem ser autografados pelo autor. É só pedir! Insira o nome para autógrafo nas observações do pedido.
 

Ao trazer à luz o livro “Riqueza e desigualdade sem mimimi” que chega agora as suas mãos, temos uma missão: a de levar a você, leitor, uma ideia mais clara do que acontece hoje com os movimentos econômicos no Brasil e no mundo.

É justo convivermos com a enorme desigualdade econômica que assistimos? 

É justo alguns terem tanto e outros tão pouco? Como se dá a divisão dos bens existentes e como poderia ser diferente? O que tendemos a definir como justiça social é, de fato, questão de justiça? Os ricos deveriam ser menos ricos para que os pobres pudessem ser menos pobres? Será que essas questões, assim como costumam ser formuladas, têm aplicabilidade?

De forma objetiva e instigante, com uma linguagem acessível, sem rodeios e, sobretudo, sem o “mimimi” que obscurece uma visão imparcial, isenta de paixões e de posicionamentos preconcebidos,  Luiz Zottmann traz conceitos econômicos importantes para serem aplicados em nossa vida prática.

A experiência de quem passou uma vida pensando, respirando e vivendo economia, acumulando experiências dentro e fora do governo, nos meios civis e acadêmicos, é luz ante a sombra das políticas econômicas a que estamos sujeitos. A economia tem uma influência gigantesca no nosso dia a dia, em ações que sequer alcançamos imaginar.

Conhecer esse mundo em que nos inserimos, adotar posicionamentos realistas e ter consciência das ações que desejamos tomar no planejamento de nossas vidas, compreendendo os caminhos que podem levar a uma prosperidade econômica é de vital importância. Zottmann descortina esses caminhos. Sem mimimi.
 
Sobre o autor (orelha do livro):
 

Luiz Zottmann,

Roberto Campos, Mario Henrique Simonsen, Delfim Netto. Os nomes mostram os pensadores que mais influenciaram o economista com PhD pela Universidade de Colúmbia nos EUA, cuja tese de doutorado foi sobre a polêmica do estruturalismo versus monetarismo para explicar a inflação  brasileira no período 1947/1967. 

Luiz Zottmann desenvolveu sua carreira de pesquisador sênior no IPEA, atuando principalmente na área macroeconômica.  Estruturou e coordenou o Setor  de Análise de Curto Prazo, onde desenvolveu e editou o Boletim Econômico do IPEA. Exerceu a função de coordenador da Comissão de Coordenação da Elaboração do II PND e chefiou a Coordenação de Planejamento Geral, do IPLAN/IPEA.

Representou por vários anos o Ministro do Planejamento no Conselho Nacional de Política Salarial.  Assessorou o Senador Virgílio Távora na elaboração da primeira lei de informática adotada no país. Exerceu a função de ligação entre o Ministro do Planejamento (Delfim Netto) e os líderes do governo na Câmara dos Deputados e no Senado Federal durante o Governo Figueiredo. 

Na Presidência da República exerceu as funções de Assessor nos Gabinetes Civil e  Militar e no Conselho de Segurança Nacional, para  fazer a coordenação da política econômica e de informática do governo federal. 
 
Como pesquisador do IPEA foi indicado para representar o Brasil em fóruns internacionais nos EUA, Áustria, Alemanha, Argentina, Chile, Suíça e Japão. Representou o país na primeira reunião da UNIDO de vinte experts mundiais em desenvolvimento econômico para elaborar as bases do estudo das estratégias para o estabelecimento de uma nova ordem econômica mundial  em decorrência da crise internacional do petróleo. Chefiou a equipe brasileira na realização do estudo comparado das  economias brasileira e japonesa. 

Foi professor de Microeconomia no CENDEC/IPEA e, também, nos cursos de Formação de Assessores empresariais, na Confederação Nacional de Industria (CNI). Na então  EPGE/FGV, foi professor de Comércio Internacional.  Publicou inúmeros artigos sobre Economia em jornais e revistas técnicas, entre as quais a “Revista Brasileira de Economia” e a “Conjuntura Econômica”, ambas da FGV. Também escreveu livros, entre os quais os da trilogia que se fecha com este trabalho.

Juntamente com Simonsen, compôs a equipe de especialistas que preparou as teses defendidas pelas classes empresariais na III CONPLAP. 

Após sua aposentadoria no IPEA, passou a atuar na Câmara dos Deputados como Assessor da Comissão de Economia, Indústria e Comércio e dos deputados Roberto Campos e Delfim Netto  (no Bloco da Economia de Mercado). Por fim,  foi assessor das Lideranças do Partido Liberal (PL) e do Partido Progressista (PP). 
 
Como aposentado,  dedica-se à elaboração eventual de artigos que disponibiliza em seu blog (blog do Luiz Zottmann).

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira os produtos